fbpx

Processo de Admissão para novos alunos 2024!

Clique aqui para se inscrever!

Uma parceria de muitos frutos

Compartilhe:

Trabalhar, desenvolver e estimular a solidariedade, a responsabilidade e a conscientização social dos nossos alunos estão entre as ações que nos enchem de orgulho. E a parceria com a Escola Municipal Senador Corrêa, nossa vizinha no bairro das Laranjeiras, é uma das iniciativas nas quais nossas crianças colocam em prática tais virtudes.

Semanalmente, liderados pela Karol Abrantes, responsável pelos Projetos e Ações Sociais do Franco, levamos nossos alunos do 8º ano ao 2º ano do Ensino Médio para trabalharem com as crianças da Educação Infantil, dos 4 aos 5 anos, da Senador Corrêa, fazendo brincadeiras adequadas para essa faixa etária.

– Essas atividades despertam a consciência da importância de se ajudar o outro, é fundamental esse espírito de colaboração, o que é possível fazer pelo outro dentro dessa idade. Fazemos, por exemplo, atividades de perder ou ganhar, nas quais os alunos aprendem que perder não é nada de tão grave, até porque, depois, a gente ganha. Saber perder, já nessa idade, é importante – observa Sonia Gaspar, diretora da Escola Senador Corrêa.

– E os alunos do Franco já ficam com essa responsabilidade de coordenar, de respeitar de saber direcionar esses alunos, que são pequenos. Essa parceria já existe desde 2019 e, neste ano, os próprios alunos do Franco tiveram a iniciativa de arrecadar brinquedos, porque eles sabem que, em outubro, temos duas semanas que dedicamos às crianças – acrescenta Sonia.

De acordo com a diretora da Escola Senador Corrêa, a parceria com o Franco é mais que bem-vinda:
– Acredito que ela seja necessária, não só pela campanha de arrecadar brinquedos, mas, também, por estimular atividades que raramente vemos hoje em dia, como amarelinha, boliche, corda, túnel de caracol, dança das cadeiras, amarelinha africana e caracol de números. Isso é ótimo para as nossas crianças que aprendem, desde cedo, a importância de ajudar o outro, de ver que o fato de eu ser maior não impede de ajudar o menor, trabalhar, também, a lateralidade, saber o que é direita e esquerda, saber abrir a passagem, enfim, tudo o que a gente tem trabalhado com o Franco.

Aconteceu no Colégio Franco

plugins premium WordPress